sexta-feira, 14 de junho de 2013

Aventura: Do outro lado do mundo.


" Divertiram-se a valer, remando no barco da avó por todo o lado e a atirarem pão com doce aos rabugentos monstros marinhos"

Uma caixa para os tesouros apanhados nas poças...para as pedrinhas, conchas e vidrinhos...

Uma ilha construída em plasticina...

E uma grande e verdadeira estrela do mar!

Uma poça de brincadeiras, um frasquinho com areia para a colecção, desenhos e mensagens secretas, guardados numa garrafa ( para lermos quando formos grandes como a estrela do mar)...


"És muito pequeno para seres grumete", disse o velho capitão mal humorado, "Mas acho que serves".
(António do outro lado do mundo, de Malachy Doyle e Carll Cneut)
     

Sem comentários:

Enviar um comentário